Pin It
Faculdade

FACULDADE FEDERAL | 4 DESVANTAGENS

Se você é a sua primeira vez aqui no blog provavelmente não sabe. Eu formei o meu curso de ciências contábeis em uma faculdade federal. Durante os anos de estudo eu identifiquei três pontos não tão legais e reuni nesse artigo.

Acho importante frisar que o objetivo deste texto não é denegrir o ensino em faculdades federais nem tão pouco desestimular quem sonha em estudar em uma.

Até porque, existem diversas outras vantagens que, em minha opinião, superam as desvantagens. Escrevo sobre estes aspectos apenas para mostrar que nem tudo são flores. Como tudo nada vida existem pontos negativos e pontos positivos  que já mostrei neste post aqui.

 

faculdade federal

 

1) GREVE

Para mim esse é a maior de todas as desvantagens. Sério, falo do fundo do meu coração. Não desejo isso pra ninguém.

Na minha época de graduação, a faculdade federal onde eu estudava atravessou uma greve que durou cerca de quatro meses. Salvo enganou, começou na segunda quinzena de maio e terminou em meados do final do mês de agosto.

P-E-N-S-A!! Ficamos aproximadamente quatro meses de greve. Para colocar tudo isso em dia demorou de um ano e meio para quase dois anos.

Por conta disso, quando todo mundo estava entrando de férias nós estávamos começando um novo semestre letivo. Quando nós estávamos entrando de férias todos estavam estudando.Ou seja, programação de férias com os amigos e família?! Esquece. Cancela porque a greve não deixou. Kkk

Aliás durante os quatro meses parados não sabíamos nem se podíamos viajar. Toda semana, com as assembleia de alunos, servidores e técnicos administrativos das faculdades federais, tínhamos a expectativa do fim da greve.

Se soubéssemos desde o inicio o período certo de duração poderíamos usar o tempo de forma produtiva. Talvez fazer um estágio temporário, um passeio ou, pra os mais abastados, até um intercâmbio.

Sem contar que quando paramos em maio, estávamos com uma série de trabalhos para entregar e prestes a entrar em semana de provas. Imagine, depois de quatro meses retornar o semestre de onde paramos…fazer prova de conteúdos que aprendemos a meses atrás. Trabalhos para apresentar que estudamos e elaboramos a tanto tempo. Ninguém lembrava de quase nada mais.

Sabemos que muitas vezes as greves são necessárias, mas no fim de tudo a conta a ser paga é alta. Kkk

De modo geral, em uma faculdade federal semestre partido por greve é sinônimos de disciplinas com notas médias mais baixas. Se prepare.

 

2) PROFISSIONAIS COM POUCA OU NENHUMA DIDÁTICA

 

Como sabemos os professores de uma faculdade federal são escolhidos por meio de concurso.

Então acredite, ter conhecimento não significa ter didática para ensinar. Sempre tem aqueles professores que sabem muito, você percebe que possuem muito conhecimento mas não sabe transmitir.

Pior ainda é quando o excesso de informações expostas sem a menor didática acaba te deixando mais confusão ao ponto de você não conseguir nem tem dúvidas para aproveitar as aulas. Já passou por essa situação?! rsrsrs

Nas faculdades particulares, não sei se é assim mas imagino que se o professor começar a ter reclamações de modo coletivo por não ter didática o aluno procura a direção do curso eles analisam e sendo pertinente as reclamações dentro de uma prazo eles trocam o professor. Até porque, o aluno está pagando caro e tem direito a profissionais qualificados.

Em uma faculdade federal para tirar um professor o processo é bem burocrático. É necessário ter  três processos administrativos com direito a ampla defesa do professor e todo aquele tramite extenso que sabemos ser preciso para exonerar qualquer servidor público.

Além disso, o foco de uma faculdade federal não é apenas Ensino. Envolve também outros dois pilares:

  • Pesquisa 
  • Extensão

Aquele professor que não tem muita didática com o ensino pode ser um bruto de um pesquisador(e isso acontece muito) logo não se tem motivo para tira-lo do corpo docente do curso.

Associados a esse fato vem o terceiro aspecto e fico na dúvida se realmente ele é  um ponto de desvantagem porque esse aspecto de certo modo te prepara para o mercado.

 

3) TORNAR-SE AUTODIDATA

 

Em uma faculdade federal, não ache que se você estudar todo o conteúdo que o professor passou em sala de aula você conseguirá  tirar boas notas.

Alguns professores mandam você ler determinado livro, determinados artigos e não necessariamente discute o tema em sala. Para sua surpresa você pode se deparar com questões a respeito deste material, que provavelmente você nem deu muita ideia, nas provas.

Logo, acostume-se a expandir seus estudos para além das anotações das aulas.  Você pode estar pensando: mas ele não pode fazer isto ou ninguém reclama? Sim, questionamos e os argumentos costumam ser sempre os mesmos.

O tempo de aula não é suficiente para entregar em sala todo o conteúdo programático da matéria.

Mas claro, o tempo pra você não é um problema. Então trate de arrumar tempo para estudar todo o material porque vai estar em prova.  rsrsrs

Já ouvi aquela frase:

“Quando a vida de der um limão faça uma limonada.”

Então, se aplica a este caso. Tire vantagem desse “treinamento de estudo autodidata forçado“.

Isso pode ser muito bom no futuro porque meio que te prepara para o mercado, já que na vida prática da profissão você não terá o tempo todo alguém ali pra te entregar o conhecimento que você precisa mastigadinho.  Você vai precisar ir atrás sozinho das informações em livros, artigos, leis, periódicos etc, e procurar entendê-los.

 

4) DEMORA PARA SUBSTITUIÇÃO DE PROFESSORES

 

Eu não sei se em todos os campus são assim ou se o problema era maior para mim por tratar-se de uma faculdade federal do interior.

Sendo um órgão público para contratação de um profissional é necessário transcorrer todo aquele processo de seleção pública de processo seletivo, no caso de temporários, e concurso para o quadro de efetivos.

Essas exigências acabavam prejudicando o andamento das disciplinas. Tomando dias e até meses sem aula caso dentro do quadro de professores da faculdade não houvesse professores substitutos para a matéria em questão. Até conseguirem repor e dar andamento no semestre normalmente mais uma vez estávamos nós a merce de repor aulas nas férias e nos sábados.